Cultive amizades e um coração feliz 

Um poema de Willian Shakespeare diz que “os amigos são a família que Deus nos permitiu escolher”. E realmente são.

A vida nos dá oportunidade de encontrar pessoas especiais, que nos compreendem, nos auxiliam a enfrentar nossos problemas e somam a quem somos.

São chamados amigos porque despertam em nós um amor diferente, de admiração, de companheirismo, de respeito.

E tal qual a família, as amizades merecem e precisam ser cultivadas, cuidadas. Embora seja necessário respeitar o distanciamento desse momento, faça seu possível para manter o sentimento de suas amizades bem vivo.

Sempre que tiver um tempinho, puxe assunto pelos aplicativos de conversa, separe esse momento para realmente interagir sobre os acontecimentos recentes na vida desse amigo. Se a pessoa tiver disponibilidade, ligue ou faça uma chamada de vídeo. Compartilhem um momento em família, uma graça de seus bichinhos de estimação. Fale sobre você, suas dificuldades e conquistas e, principalmente, ouça com atenção e demonstre seu afeto.

Independente de seu amigo estar por perto ou noutra cidade ou país, seja presente, ainda que virtualmente. Já que temos essa maravilhosa ferramenta, usemos para nos conectar com quem realmente importa. Algumas centenas de anos atrás, Leonardo Da Vinci já nos ensinava sobre isso: “Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro”.

Afinal, cultivar amizades é nutrir a própria vida de bons sentimentos, é aquecer o coração com memórias felizes e criar novas lembranças para manter esse elo fortalecido e recíproco, é carregar essa pessoa especial “dentro do coração, do lado esquerdo do peito, mesmo que o tempo e a distância digam não”, como também canta nosso querido Milton Nascimento.

INSCREVA-SE

Assista ou reveja o “8º Movimento Você e a Paz de Amparo/SP” de forma simples e fácil.

Inscreva-se e tenha acesso ao vídeo EXCLUSIVO e COMPLETO.

Posts Recomendados