Outubro Rosa, um chamado ao amor próprio

Campanha trata sobre a conscientização para a prevenção do câncer de mama em todo o mundo

As cidades e os temas de campanhas ganham um tom especial no mês de outubro. A cor rosa ganha destaque e busca despertar as pessoas para um lembrete importante: é hora de colocar em prática o amor próprio.

A campanha do Outubro Rosa ocorre em todo o mundo e traz à tona a importância da prevenção do câncer de mama, o tipo de câncer mais comum entre as mulheres. Então, neste período do ano diversas ações chamam a atenção para a necessidade do autoexame, da mamografia e do compartilhamento de informações que promovam a conscientização de homens e mulheres.

Homens também, sim. É muito importante que saibam que o câncer de mama não é restrito apenas às mulheres e precisam estar atentos aos sinais para se manter saudáveis e ajudarem na divulgação da informação da campanha às suas familiares e mulheres do seu convívio.

Cabe também a todos nós estimularmos a quem está ao nosso redor para que atualizem os exames médicos e se cuidem e, também, sermos empáticos com os que atravessam os tratamentos de combate à doença.

Afinal, como aprendemos no 8º Movimento Você e a Paz – Amparo/SP, encontrar a paz é também levar adiante um ensinamento que dá sentindo à vida: amar o próximo como a si mesmo. Ou seja, atender ao chamado do amor próprio e passá-lo adiante.

O Inca (Instituto Nacional do Câncer), traz em seu site – www.inca.gov.br – ainda mais informações sobre o tema. Confira e pratique as dicas, valorizando a sua vida:

O câncer de mama pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio dos seguintes sinais e sintomas:

– Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pelo próprio paciente;

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;

– Alterações no bico do peito (mamilo);

– Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço;

– Saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados por um médico.

É importante que se observe as mamas, seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano, sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias.

 Cuidado com a vida também é um ato de amor e paz.

INSCREVA-SE

Assista ou reveja o “8º Movimento Você e a Paz de Amparo/SP” de forma simples e fácil.

Inscreva-se e tenha acesso ao vídeo EXCLUSIVO e COMPLETO.

Posts Recomendados